Dor de cabeça

3 fatores comprovados cientificamente que provocam dor de cabeça

3 fatores comprovados cientificamente que provocam dor de cabeça

A dor de cabeça é disparada uma das principais reclamações entre as pessoas. Só em 2010 cerca de 75% da população sofreram com essa dor, segundo o levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para piorar, a dor de cabeça prejudica a vida profissional e pessoal de vários indivíduos. Boa parte das pessoas que sofrem desse mal ficam improdutivas, irritadas e com um incômodo persistente.

O que muitas não sabem, é que a dor de cabeça  pode ser causada por diversos fatores externos e internos. Alguns deles são comprovados cientificamente. Selecionamos três e suas formas de tratamento.

Antes de mostrar os 3 fatores comprovados cientificamente, é importante conhecer quais são os tipos de dores de cabeça:

 

  • Dor de cabeça normal: Atinge 90% das pessoas e pode ser resultado de diversos fatores, como noites mal dormidas, estresse e consumo de álcool e cafeína.
  • Enxaqueca: É uma dor persistente, que precisa de auxílio médico para um melhor tratamento. Na maioria das vezes, atinge apenas um dos lados da cabeça e costuma durar horas.
  • Problemas oculares: Nesse caso, a dor persiste em cima dos olhos e na fronte. As principais causas são ametropias e astigmatismo.

 

Conheça, agora, os 3 fatores comprovados cientificamente que provocam dores de cabeça:

Estresse

Este é, sem dúvida, uma das principais causas de dor de cabeça. De acordo com estudos, o estresse está intimamente ligado às nossas emoções, que, se tensionadas, acometem dores físicas inclusive na cabeça. Nesse caso, o remédio para dor de cabeça e uma vida mais tranquila são as chaves para vencer esse verdadeiro incômodo.

Problemas para dormir

Cientistas comprovam que dormir em média oito horas por dia diminui as chances de ter dor de cabeça. Caso contrário, a privação do sono contribui para o aparecimento de manifestações dolorosas.

Dica: Evite o contato com smartphone ou televisão antes de dormir. As luzes desses aparelhos atrapalham o sono. Para pegar no sono mais rápido, ler um livro ou se desconectar por alguns minutos antes de deitar são os melhores métodos.

Exercício físico e alimentação saudável também são ótimas formas de evitar a dor de cabeça.

Depressão e ansiedade

Segundo estudos, as pessoas que não têm controle mental tendem a ter mais dificuldade de controlar a dor de cabeça. Geralmente, os indivíduos deprimidos e ansiosos têm enxaqueca com mais frequência.

Para esse caso, o auxílio médico é o mais recomendado, visto que depressão é uma doença neurológica e necessita da ajuda de um profissional.

Nevralgex - Relaxante Muscular - Dor de Cabeça
Nevralgex – Relaxante Muscular – Dor de Cabeça

Remédios Para Dor de Cabeça

Com ação analgésica e relaxante muscular, o Nevralgex 2 em 1 é indicado para dor de cabeça, causadas pelo estresse, noites mal dormidas, esforço exagerado, cansaço, entre outros. A sua fórmula contém dipirona mono-hidratada, que traz o alívio em poucos minutos.